Quem sou eu


28 de janeiro de 2011

Quirodáctilo

Mais um poema de meu querido amigo e professor, Ulysses Rocha Filho:

Quirodáctilo

Toquei o dedo no meio
Do nada do sexo
E comecei acariciando
O mais belo favo de mel...

Viajei por outros caminhos
Desci aos infernos da solidão
(Percebendo presença de multidão)
Mas alcancei um prazer supremo...

Como nunca imaginara,
Descobri na dor do prazer,
entre o dedo indicador e o anelar,
A falsa realização do sonho...

Em cada palavra _ mentiras!
Em cada olhar _ verdades!
Em outros sonhos _ ilusão!
Em cada dedo, no sexo _ um não!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

Betty Gaeta disse...

Achei lindo o poema! Ele tem site ou blog que a gente possa visitar?
Bjkas e um ótimo final de semana para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

Betty Gaeta disse...

Obrigada pela dica...
Bjs

Send me a letter!

denisebongiovi@yahoo.com.br

Selinho! =*