Quem sou eu


20 de janeiro de 2010

Guilty Pleasure: BBB! Ai, que vergonha!...


BBB é um programinha tão besta, tão fútil, mas tanta gente gosta de assistir... Alguém sabe o porquê disso? Eu seria uma ótima escolha para responder a esta pergunta, visto que também faço parte dessa “massa”, mas acho que não conseguiria explicar satisfatoriamente. Toda vez que começava um BBB, eu falava pra mim mesma: “Não vou assistir essa bosta, ô programinha chulo...”. Mas de tanto ouvir as pessoas comentarem sobre o programa, sobre os participantes, ia me inteirando das histórias e ficava por dentro dos bafões “sem querer querendo”! Daí a curiosidade vai aumentando e um dia vc diz: “Deixa eu assistir essa p.. de uma vez!”, então, quando me entrego, já está na metade do programa (ou quase no final) e daí brota aquele arrependimentozinho: “Eu deveria ter assistido esse BBB desde o começo...” rsrs. Mas no BBB deste ano resolvi: vou assistir desde o começo! Além de acompanhar todas as noites (ou quase), ainda assisto algumas coisas pelo paperview (gente, não assinei paperview de bbb não, viiiiiiu???? É muuuito importante sublinhar isso! O negócio “pega sem querer” lá em casa... lol!). Mas é sério. Não gastaria dinheiro com isso. O negócio aparece e pronto. Prosseguindo com a conversa: acho que as “peças” do jogo estão mais interessantes. Colocaram dois negros (sóóóó????) e três gays assumidérrimos (gostei da atitude! Peito estufado, gnt!), mas tudo isso pra rede globo ficar bem na fita, kinda “We´ve done our work.”, tipo “Fizemos nossa parte.”. Mas tudo bem, vamos fingir que acreditamos que a rede globo apóia a diversidade, néah?! Cooontinuando: parece que tá tudo legal, tá tudo bonitinho, tudo relax nesta edição. Muitos podem falar que no começo de todos os bbb´s as coisas são assim, mas neste é especialmente diferente. Pelo menos por enquanto. Todo mundo se dá bem (pelo menos quase beira 100%, mas a falsidade da Tessália promete render!), são divertidos, cantam, dançam, brincam de milhares de coisas, fazem teatrinhos, contam piadas, enfim... Ah, falando em diversidade, esqueci de comentar sobre uma pessoa: A ELENITA, gente! Como fui me esquecer dela? Está no grupo da diversidade, sim! Porque finalmente colocaram alguém “de nível” (apesar dos pequenos “espasmos de sensualidade”, eufemismo de “espasmos de vulgaridade” rsrrs!) neste programa!!!! Doutora em Lingüística, olha só. O que me faz ficar P da vida é não colocarem na edição da noite os papos legais que ela brota e às vezes faz crescer em determinados momentos. Teve um dia, por exemplo, que ela tava lendo a biografia da nossa maravilhosa Clarice Lispector e começou a desenvolver um papo legal com o Alex, que estava sentado perto dela. Falaram sobre a autora, sobre algumas partes emocionantes da vida desta, passearam pelo assunto do acordo ortográfico... foi um papo bem gostoso, interessante, um papo sem biquíni, bunda, peito e barraco. Mas quando rodou o programa à noite, nada disso foi passado. NADA! Fiquei bege, alguém teve que me colorir depois rsrs! Outra coisa interessante é a relação inimaginável (mas agora o é kkkkk!!!) entre o homofóbico Marcelo Dourado (eita homem idiota, estúpido, ogro, porém, digno de pena, se pararmos pra analisar o cara.) e o gay Dicésar (maravilhoso, inteligente, divertido, cheio de glitter! Atoroooooooom kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!). Quem diria, héim Dourado? Um puta dum homofóbico na casa, que foi um pouco isolado pelo pessoal devido às suas grosserias e mau humor, sendo amparado por uma “bixa” (expressão utilizada pelo próprio Di) e Drag Queen?! Ver os dois juntos na cozinha, cozinhando e conversando, realmente foi uma coisa inusitada. Espero que com a convivência “forçada” com esse pessoal colorido, ele possa conhecer mais a si mesmo, mais os outros e mude em alguns/vários aspectos.



Um bafão: o que foi aquilo de o Alex, um doutor, um advogado, estudado, falar aqueles absurdos de “eu sou bem resolvido!” ?????? E o Dourado falou em seguida a meeeeeesma merdaaa!!!! Gente, como o preconceito está enraizado!!! E as pessoas nem percebem isso!!! Se eu tivesse lá eu falaria: “O que vcs quiseram dizer com “bem resolvido?????... O que é ser bem resolvido???? Que absurdo o que vcs 2 falaram!!! Vocês querem dizer então que os héteros são “bem resolvidos” e os gays são “mal resolvidos???”. AAAAAAAAAAhhhhhhh, mas eu falava isso na hora! Ao vivo! Ia “baixar a Janete” lá! E o Bial, gente? Acho que ele exagerou nas brincadeiras sobre homossexualismo. Pra mim, passou do ponto! Foi mais uma chacota disfarçada do que brincadeirinhas inocentes, sem preconceitos... E tem mais, sr. Bial: discordo contigo! Tem que ter o “S” de jeito NENHUM! Porque deveríamos amarmos e respeitarmos uns aos outros! No mínimo, respeitar! Quanto ao “T” que o Dicésar falou que tinham acrescentado na sigla, mas que não se lembrava o que era, se refere aos transgêneros. Portanto, LGBTTT, não sei a ordem, todas essas letrinhas aí significam Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros.



Sem mais delongas, adorei a Elenita ter ficado! Espero que ela se solte mais, seja mais extrovertida, se abra mais para as pessoas e aproveite o máximo que puder! Se jogaaaaaa!!!! Torço por ela... mas o meu BBB favorito é o Dicésar. Ele é o máximoooo! Espero não me decepcionar lol!

Pois é. Este é um dos meus "Guilty Pleasure"... fazer o que, né...
Vou mijá porque acho que me empolguei. ; )









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 de janeiro de 2010

Ladies & Gentlemen: Zekness





Soooooooooo cooooooooool!
Go to his official youtube account here! Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Send me a letter!

denisebongiovi@yahoo.com.br

Selinho! =*